Segunda, Setembro 25, 2017
   
Texto
Login

Busca

CMEA Praça Rica e o Projeto Gingebijrfest

Imprimir

O Centro Municipal de Educação Agroecológica “Praça Rica” foi contemplado no Edital 008/2016 – Culturas Populares e Tradicionais por meio do projeto GINGEBIJRFEST: Valorização da Cultura Popular no Interior do Município de Vila Pavão, apresentado a chamada púbica pelo CECIVIP – Centro de Cultura Italiana de Vila Pavão.

Sabe-se que a cultura popular de Vila Pavão está, desde o surgimento da POMITAFRO, centralizada na sede do município, muito embora os maiores pólos e grupos de imigrantes pomeranos encontram-se na zona rural, como é o caso da comunidade de Praça Rica, região onde, no passado, já houve três grupos de danças pomeranas, sendo um na própria escola coordenado na época pela Professora Agatha Wutke, um no Córrego do Quinze e um terceiro na comunidade luterana do Córrego da Peneira. Nenhum deles sobreviveu por muito tempo e, a única iniciativa cultural que sobreviveu na região de cultura e colonização maciçamente pomerana, foi a Gingebijrsfest.

A Gingebijrsfest é um evento de caráter educativo e cultural criado em 1993 e realizado anualmente pelo CMEA Praça Rica, num trabalho conjunto entre equipe escolar e comunidade local, que visa preservar traços da cultura pomerana, especialmente a bebida muito tradicional entre os pomeranos que dá nome ao evento. Além disso, durante a festa são apresentados trabalhos educativos e danças folclóricas e é hoje o único evento cultural do município que teve continuidade.

Em 2016, como parte do trabalho de pesquisa para construção do Museu Virtual POMITAFRO (www.museupomitafro.com.br – edital 005/2016) o CECIVIP identificou a necessidade de buscar meios de subsidiar e fortalecer a cultura daquela comunidade, que se materializou na forma de trabalho que será desenvolvido pela escola do Distrito de Praça Rica. Com o recurso captado serão adquiridos equipamentos como roupeiro, aparelho de som e tendas e confeccionado um traje típico para um grupo de danças folclóricas pomeranas.

De acordo com a diretora da escola Selma Pagung, “Participar desse edital de chamamento público foi de extrema importância para a escola e para a comunidade como reconhecimento de seu trabalho e também como um exemplo, pois conhecer e valorizar sua cultura é fortalecer quem nós realmente somos, tarefa essa cada vez mais árdua diante dos valores adotados pela sociedade e da globalização”.

Em 2017, será realizada a XX Gingebijrsfest, com data provável no mês de setembro.

Login Form